quinta-feira, 11 de julho de 2013

TEXTOS SOBRE O “INFERNO”

Mesmo que a palavra “inferno” não seja bíblica e sim latim, concordo com qualquer irmão evangélico e católico de que as Escrituras apresentam um lugar de castigo dos ímpios, como lemos, por exemplo, em Mateus 5:22, 29, 30, 18:8, 9; Mc 9:44, 46-48; 23:15, 23; 25:46; Ap 14:11; 20:10, etc[ii].

Entretanto, o que quero que meus irmãos católicos e protestantes entendam é que a Bíblia localiza o lago de fogo (ou “inferno”, como outros proferem) noutro período da história: depois dos mil anos mencionados em Apocalipse 20:1, 2. 

Hoje, ninguém está sendo “castigado” porque o lago de fogo ainda não existe e o castigo final – tanto dos anjos maus quanto dos seres humanos rebeldes – será um evento futuro, que ocorrerá após a Segunda Vinda de Cristo. Não há como ter dúvidas quanto a isso:

 “Pois Deus não poupou os anjos que pecaram, mas os lançou no inferno, prendendo-os em abismos tenebrosos a fim de serem reservados para o juízo (2Pe 2:4). “Pois estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo com justiça, por meio do homem que designou. E deu provas disso a todos, ressuscitando-o dentre os mortos” (At 17:31).

Por Leandro Quadros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...